BÍBLIA CATÓLICA ONLINE

      Dicionário | AVISOS | Reiniciar  ||  Início  ->  Bíblia  


Bíblia Online
   
Livro:
Capítulo:

Pesquisar na Bíblia:

<- no máximo

Publique a bíblia acima
em seu blog ou site!



Pesquisa da bíblia

EPÍSTOLAS DE SÃO PAULO: Epístola aos Gálatas (Gl), capítulo 3 |
1A LEI OU A FÉ?
gálatas insensatos, quem vos enfeitiçou? E Jesus Cristo crucificado não tinha sido descrito diante de vossos olhos?
2Só isto quero saber de vós: recebestes o Espírito pela prática da Lei, ou pela fé, mediante a pregação?
3Sois assim tão insensatos? A ponto de, depois de terdes começado pelo Espírito, quererdes terminar na carne?
4Foi acaso em vão que sofrestes tanto? Se é que foi em vão...
5Aquele que vos dá generosamente o Espírito e realiza milagres entre vós, faz isso pela observância da Lei ou pela obediência da fé?
6ARGUMENTO BÍBLICO
Como Abraão teve fé em Deus, e isto lhe valeu ser declarado justo,
7assim ficai sabendo que os que crêem é que são verdadeiros filhos de Abraão.
8E a Escritura, prevendo que Deus justificaria as nações pela fé, anunciou, muito antes, a Abraão: “Em ti serão abençoadas todas as nações”.
9Portanto, os que são da fé são abençoados juntamente com o homem de fé, Abraão.
10De fato, todos os que são da observância da Lei estão sob maldição, pois está escrito: “Maldito quem não praticar permanentemente todas as prescrições do livro da Lei”.
11Além disso, que a Lei não justifica ninguém diante de Deus é de todo evidente, já que “é pela fé que o justo viverá”.
12Ora a Lei não se baseia na fé, mas “aquele que praticar seus preceitos viverá por eles”.
13Cristo nos resgatou da maldição da Lei, tornando-se ele próprio um maldito em nosso favor, pois está escrito: “Maldito todo aquele que for suspenso no madeiro”.
14Isto sucedeu para que, no Cristo Jesus, a bênção de Abraão chegasse às nações; e assim, pela fé, recebêssemos o Espírito prometido.
15A LEI, A PROMESSA E A FILIAÇÃO DIVINA
Irmãos, vou falar em termos humanos. Embora de origem simplesmente humana, um testamento feito em boa e devida forma não pode ser anulado ou modificado.
16Ora as promessas foram feitas a Abraão e à sua descendência. A Escritura não diz: “e às descendências”, como para significar muitos descendentes; ela diz: “e à tua descendência”, designando assim um só descendente, Cristo.
17Eis então o que penso: um testamento ratificado devidamente por Deus não pode ser anulado pela Lei que sobreveio quatrocentos e trinta anos depois; pois assim a promessa ficaria sem efeito.
18De fato, se é pela Lei que se obtém a herança, então já não é em virtude da promessa; ora, foi por meio de uma promessa que Deus concedeu sua graça a Abraão.
19A LEI COMO EDUCAÇÃO E A DIGNIDADE DE FILHOS
Então, para que a Lei? Ela foi acrescentada em vista das transgressões, até que viesse a descendência à qual foi feita a promessa; foi promulgada pelos anjos e entregue por intermédio de um mediador.
20Ora, não existe mediador de um só; mas Deus é um só!
21Portanto, a Lei seria contra as promessas de Deus? Claro que não! Com efeito, se tivesse sido dada uma Lei capaz de comunicar a vida, então a justiça viria realmente da Lei.
22Mas a Escritura pôs todos e tudo sob o jugo do pecado, a fim de que, pela fé em Jesus Cristo, se cumprisse a promessa em favor dos que crêem.
23Antes que se inaugurasse o regime da fé, nós éramos guardados, como prisioneiros, sob o jugo da Lei. Éramos guardados para o regime da fé que estava para ser revelado.
24Assim, a Lei foi como um educador que nos conduziu até Cristo, para que fôssemos justificados pela fé.
25Mas, uma vez inaugurado o regime da fé, já não estamos na dependência desse educador.
26Com efeito, vós todos sois filhos de Deus pela fé no Cristo Jesus.
27Vós todos que fostes batizados em Cristo vos revestistes de Cristo.
28Não há mais judeu ou grego, escravo ou livre, homem ou mulher, pois todos vós sois um só, em Cristo Jesus.
29Sendo de Cristo, sois, então, descendência de Abraão, herdeiros segundo a promessa.

PESQUISAR
 


Bíblia Católica Online