BÍBLIA CATÓLICA ONLINE

      Dicionário | AVISOS | Reiniciar  ||  Início  ->  Bíblia  


Bíblia Online
   
Livro:
Capítulo:

Pesquisar na Bíblia:

<- no máximo

Publique a bíblia acima
em seu blog ou site!



Pesquisa da bíblia

PROFETAS MAIORES: Livro de Daniel (Dn), capítulo 1 |
1ELA - PROFECIA DE DANIEL - A HISTÓRIA DE DANIEL - DANIEL NA CORTE DO REI DA BABILÔNIA
No terceiro ano do reinado de Joaquim em Judá, Nabucodonosor, rei da Babilônia, chegou a Jerusalém e pôs cerco à cidade.
2O Senhor entregou, então, em suas mãos o rei de Judá, Joaquim, e parte dos objetos da Casa de Deus. Ele levou tudo para a terra de Senaar e guardou os objetos no tesouro do templo dos seus deuses.
3Depois o rei deu ordem a Asfenez, o chefe do pessoal, para escolher entre os israelitas, da família real ou da nobreza,
4alguns jovens sem qualquer defeito físico e de boa aparência, instruídos em toda a espécie de sabedoria, práticos no conhecimento, gente de ciência, capazes de servir na corte do rei. Ordenou também que se ensinasse a eles a literatura e a língua dos caldeus.
5O rei determinou que a alimentação diária deles fosse do seu próprio cardápio, e o vinho da mesa real. Deveriam ser revigorados durante três anos, antes de comparecer à presença do rei.
6Entre eles estavam Daniel, Ananias, Misael e Azarias, que eram judeus.
7O chefe do pessoal deu-lhes outros nomes: Daniel passou a chamar-se Baltazar, Ananias, Sidrac, Misael, Misac, e Azarias, Abdênago.
8Daniel decidiu que não iria se contaminar com as comidas e o vinho da mesa do rei. Pediu, então, ao chefe do pessoal que o dispensasse dessa contaminação.
9Deus fez com que Daniel ganhasse a simpatia daquele chefe do pessoal.
10Este lhe disse: “Eu só temo o meu senhor, o rei, que determinou pessoalmente o que deveríeis comer e beber! Se ele notar os vossos rostos mais pálidos do que os dos outros jovens da mesma idade, vós me estareis condenando à morte perante o rei”.
11Daniel disse, então, ao guarda a quem o chefe do pessoal havia confiado Daniel, Ananias, Misael e Azarias:
12“Faze uma experiência com os teus servos: durante dez dias tu nos darás para comer apenas vegetais e só água para beber.
13Depois, vais comparar a nossa aparência com a dos outros jovens que comem do cardápio do rei. Então, poderás fazer dos teus servos o que quiseres”.
14Ele aceitou a proposta e fez a experiência por dez dias.
15Ao final dos dez dias eles estavam com melhor aparência e corpo mais sadio do que todos os outros jovens que comiam do cardápio do rei.
16A partir de então o guarda definitivamente eliminou aquelas iguarias e o vinho da alimentação deles, fornecendo-lhes apenas vegetais.
17Aos quatro rapazes Deus concedeu o conhecimento e a compreensão de toda a literatura, bem como a sabedoria e, a Daniel, especialmente, o dom de interpretar toda espécie de visão ou sonho.
18Ao fim do período determinado pelo rei para que os rapazes lhe fossem apresentados,o Chefe do Pessoal levou-os à presença de Nabucodonosor.
19O rei conversou com eles e não encontrou ninguém melhor do que Daniel, Ananias, Misael e Azarias. Daí em diante eles ficaram prestando serviços diretamente ao rei.
20Por tudo o que procurou saber deles em termos de conhecimento e sabedoria, o rei os considerou dez vezes mais capazes do que todos os sábios e magos que havia no império.
21Aí permaneceu Daniel até o primeiro ano do rei Ciro.

PESQUISAR
 



Bíblia Católica Online