BÍBLIA CATÓLICA ONLINE

      Dicionário | AVISOS | Reiniciar  ||  Início  ->  Bíblia  


Bíblia Online
   
Livro:
Capítulo:

Pesquisar na Bíblia:

<- no máximo

Publique a bíblia acima
em seu blog ou site!



Pesquisa da bíblia

ATOS: Atos dos Apóstolos (At), capítulo 10 |
1EM CESARÉIA, A VISÃO DE CORNÉLIO
Morava em Cesaréia um homem, de nome Cornélio, centurião da corte chamada Itálica.
2Era um homem religioso e temente a Deus, com toda sua casa. Dava muitas esmolas ao povo e orava sempre a Deus.
3Um dia, pelas três da tarde, ele teve uma visão. Viu claramente um anjo de Deus entrar em sua casa e chamá-lo: “Cornélio!”
4Cornélio olhou atentamente para ele e, cheio de temor, disse: “Que há, Senhor?” O anjo respondeu: “Tuas preces e tuas esmolas subiram para serem lembradas diante de Deus.
5Agora, envia alguns homens a Jope e manda chamar um homem chamado Simão, conhecido como Pedro.
6Ele está hospedado na casa de Simão, o curtidor de peles, perto do mar”.
7O anjo que lhe falou retirou-se. Cornélio chamou dois de seus empregados e um soldado piedoso que estava a seu serviço,
8explicou-lhes tudo e mandou-os a Jope.
9A VISÃO DE PEDRO EM JOPE
No dia seguinte, enquanto os homens estavam a caminho e se aproximavam da cidade, ao meio-dia, Pedro subiu ao terraço para orar.
10Sentiu fome e quis comer. Mas, enquanto preparavam a comida, entrou em êxtase.
11Viu o céu aberto e algo como um grande pano ser baixado pelas quatro pontas para a terra.
12Dentro do pano havia toda espécie de quadrúpedes e répteis da terra e de aves do céu.
13E uma voz lhe disse: “Levanta-te, Pedro, mata e come!”
14Mas Pedro respondeu: “De modo algum, Senhor! Nunca comi coisa profana ou impura”.
15A voz lhe falou pela segunda vez: “Não chames de impuro o que Deus tornou puro”.
16Isso se repetiu por três vezes. Depois, o objeto foi imediatamente recolhido ao céu.
17Enquanto Pedro tentava descobrir o significado da visão que acabava de ter, os homens enviados por Cornélio, tendo-se informado sobre a casa de Simão, apresentaram-se à porta.
18Chamaram para perguntar se aí se hospedava Simão, conhecido como Pedro.
19Pedro estava ainda refletindo sobre a visão, mas o Espírito lhe disse: “Estão aqui três homens que te procuram.
20Levanta-te, desce e vai com eles, sem hesitar, pois fui eu que os mandei”.
21Pedro desceu ao encontro dos homens e disse: “Sou eu a quem estais procurando. Qual é o motivo que vos traz aqui?”
22Eles responderam: “O centurião Cornélio, homem justo e temente a Deus, estimado por toda a população judaica, recebeu de um anjo santo a ordem de te convidar à sua casa, a fim de ouvir o que podes dizer-lhe”.
23Pedro então os fez entrar e lhes ofereceu hospedagem. No dia seguinte, Pedro partiu com eles, e alguns irmãos de Jope o acompanharam.
24PEDRO EM CASA DE CORNÉLIO
No outro dia, chegou a Cesaréia. Cornélio o estava esperando, com seus parentes e amigos mais íntimos, que tinha convidado.
25Quando Pedro estava para entrar na casa, Cornélio saiu-lhe ao encontro e prostrou-se a seus pés em adoração.
26Mas Pedro o reergueu e disse: “Levanta- te, eu também sou apenas um homem”.
27Continuando a conversar com Cornélio, entrou na casa. Encontrou muitas pessoas reunidas
28e disse-lhes: “Vós bem sabeis que a um judeu é proibido relacionar-se com um estrangeiro ou entrar em sua casa. Ora, Deus me mostrou que não se deve dizer que algum homem é profano ou impuro.
29Por isso, logo que me mandastes chamar, eu vim sem hesitar. Agora pergunto: por que motivo me mandastes chamar?”
30Cornélio respondeu: “Três dias atrás, exatamente nesta hora, eu estava em casa recitando a oração da tarde, quando se apresentou diante de mim um homem em vestes resplandecentes.
31Ele me disse: ‘Cornélio, tua oração foi atendida e tuas esmolas foram lembradas diante de Deus.
32Por isso, manda procurar em Jope um homem de nome Simão, conhecido como Pedro. Ele está hospedado na casa do curtidor de peles Simão, perto do mar’.
33Eu te mandei chamar, e tu fizeste bem em vir. Agora, portanto, estamos todos aqui, na presença de Deus, prontos para ouvir o que o Senhor te encarregou de nos dizer”.
34PREGAÇÃO DE PEDRO À GENTE DE CORNÉLIO
Então, Pedro tomou a palavra: “De fato”, disse, “estou compreendendo que Deus não faz discriminação entre as pessoas.
35Pelo contrário, ele aceita quem o teme e pratica a justiça, qualquer que seja a nação a que pertença.
36Deus enviou sua palavra aos israelitas e lhes anunciou a Boa-Nova da paz, por meio de Jesus Cristo, que é o Senhor de todos.
37Vós sabeis o que aconteceu em toda a Judéia, a começar pela Galiléia, depois do batismo pregado por João:
38como Jesus de Nazaré foi ungido por Deus com o Espírito Santo e com poder. Por toda a parte, ele andou fazendo o bem e curando a todos os que estavam dominados pelo diabo; pois Deus estava com ele.
39E nós somos testemunhas de tudo o que Jesus fez na região dos judeus e em Jerusalém. Eles o mataram, suspendendo-o no lenho da cruz.
40Mas Deus o ressuscitou no terceiro dia e concedeu-lhe que se manifestasse,
41não a todo o povo, mas às testemunhas designadas de antemão por Deus: a nós, que comemos e bebemos com Jesus, depois que ressuscitou dos mortos.
42E ele nos mandou proclamar ao povo e testemunhar que Deus o constituiu Juiz dos vivos e dos mortos.
43A seu respeito, todos os profetas atestam: todo o que crê nele recebe, no seu nome, o perdão dos pecados”.
44O “PENTECOSTES DOS NÃO-JUDEUS”
Pedro estava ainda falando, quando o Espí-rito Santo desceu sobre todos os que estavam escutando a palavra.
45Os fiéis de origem judaica, que tinham vindo com Pedro, ficaram admirados de que o dom do Espírito Santo fosse derramado também sobre quem era de origem pagã.
46Pois eles os ouviam falar em línguas estranhas e louvar a grandeza de Deus. Então Pedro falou:
47“Podemos, por acaso, negar a água do batismo a estas pessoas, que receberam, como nós, o Espírito Santo?”
48E mandou que fossem batizados no nome de Jesus Cristo. Eles pediram, então, que Pedro ficasse alguns dias com eles.

PESQUISAR
 


Bíblia Católica Online