BÍBLIA CATÓLICA ONLINE

      Dicionário | AVISOS | Reiniciar  ||  Início  ->  Bíblia  


Bíblia Online
   
Livro:
Capítulo:

Pesquisar na Bíblia:

<- no máximo

Publique a bíblia acima
em seu blog ou site!



Pesquisa da bíblia

EVANGELHOS: Evangelho segundo São Marcos (Mc), capítulo 7 |
1JESUS E AS LEIS DA PUREZA: TRADIÇÕES HUMANAS
Os fariseus e alguns escribas vindos de Jerusalém ajuntaram-se em torno de Jesus.
2Eles perceberam que alguns dos seus discípulos comiam com as mãos impuras – isto é, sem lavá- las.
3Ora, os fariseus e os judeus em geral, apegados à tradição dos antigos, não comem sem terem lavado as mãos até o cotovelo.
4Bem assim, chegando da praça, eles não comem nada sem a lavação ritual. E seguem ainda outros costumes que receberam por tradição: a maneira certa de lavar copos, jarras, vasilhas de bronze, camas.
5Os fariseus e os escribas perguntaram a Jesus: “Por que os teus discípulos não seguem a tradição dos antigos, mas tomam a refeição com as mãos impuras?”
6Ele disse: “O profeta Isaías bem profetizou a vosso respeito, hipócritas, como está escrito: ‘Este povo me honra com os lábios, mas o seu coração está longe de mim.
7É inútil o culto que me prestam, as doutrinas que ensinam não passam de preceitos humanos’.
8Vós abandonais o mandamento de Deus e vos apegais à tradição humana”.
9E dizia-lhes: “Sabeis muito bem como anular o mandamento de Deus apegando-vos à vossa tradição.
10De fato, Moisés ordenou: ‘Honra teu pai e tua mãe’. E ainda: ‘Quem insulta pai ou mãe, deve morrer’.
11Mas vós ensinais que alguém pode dizer a seu pai e à sua mãe: ‘O sustento que poderíeis receber de mim é ‘corban’, isto é, oferenda’.
12E já não deixais tal pessoa ajudar seu pai ou sua mãe.
13Assim anulais a palavra de Deus por causa da vossa tradição, que passais uns para os outros. E fazeis ainda muitas outras coisas como essas!”
14O QUE É IMPURO VEM DE DENTRO
Chamando outra vez a multidão, dizia: 'Escutai-me, vós todos, e compreendei!
15Nada que, de fora, entra na pessoa pode torná-la impura. O que sai da pessoa é que a torna impura.
16Quem tem ouvidos para ouvir, ouça.'
17Quando Jesus entrou em casa, longe da multidão, os discípulos lhe faziam perguntas sobre essa parábola.
18Ele lhes disse: “Também vós não entendeis? Não compreendeis que nada que de fora entra na pessoa a torna impura,
19porque não entra em seu coração, mas em seu estômago, e vai para a fossa?” Assim, ele declarava puro todo alimento.
20E acrescentou: “O que sai da pessoa é que a torna impura.
21Pois é de dentro, do coração humano, que saem as más intenções: imoralidade sexual, roubos, homicídios,
22adultérios, ambições desmedidas, perversidades; fraude, devassidão, inveja, calúnia, orgulho e insensatez.
23Todas essas coisas saem de dentro, e são elas que tornam alguém impuro”.
24A MULHER SIRO-FENÍCIA
Jesus se pôs a caminho e, dali, foi para a região de Tiro. Entrou numa casa e não queria que ninguém soubesse onde ele estava. Mas não conseguia ficar escondido.
25Logo, uma mulher que tinha uma filha com um espírito impuro, ouviu falar dele. Ela foi e jogou-se a seus pés.
26A mulher não era judia, mas de origem siro-fenícia, e pedia que ele expulsasse o demônio de sua filha.
27Jesus lhe disse: “Deixa que os filhos se saciem primeiro; pois não fica bem tirar o pão dos filhos para jogá-lo aos cachorrinhos”.
28Ela respondeu: “Senhor, também os cachorrinhos, debaixo da mesa, comem as migalhas que os filhos deixam cair”.
29Jesus, então, lhe disse: “Por causado que acabas de dizer, podes voltar para casa. O demônio já saiu de tua filha”.
30Ela voltou para casa e encontrou sua filha deitada na cama. O demônio havia saído dela.
31CURA DO SURDO-MUDO
Jesus deixou de novo a região de Tiro, passou por Sidônia e continuou até o mar da Galiléia, atravessando a região da Decápole.
32Trouxeram-lhe, então, um homem que era surdo e mal podia falar, e pediram que impusesse as mãos sobre ele.
33Levando-o à parte, longe da multidão, Jesus pôs os dedos nos seus ouvidos, cuspiu, e com a saliva tocou-lhe a língua.
34Olhando para o céu, suspirou e disse: “Efatá!” (que quer dizer: “Abre-te”).
35Imediatamente, os ouvidos do homem se abriram, sua língua soltou-se e ele começou a falar corretamente.
36Jesus recomendou, com insistência, que não contassem o ocorrido para ninguém. Contudo, quanto mais ele insistia, mais eles o anunciavam.
37Cheios de grande admiração, diziam: “Tudo ele tem feito bem. Faz os surdos ouvirem e os mudos falarem”.

PESQUISAR
 


Bíblia Católica Online