BÍBLIA CATÓLICA ONLINE

      Dicionário | AVISOS | Reiniciar  ||  Início  ->  Bíblia  


Bíblia Online
   
Livro:
Capítulo:

Pesquisar na Bíblia:

<- no máximo

Publique a bíblia acima
em seu blog ou site!



Pesquisa da bíblia

HISTÓRICO: Livro de Neemias (NE), capítulo 8 |
1SOLENE PROMULGAÇÃO DA LEI
Todo o povo se reuniu como um só homem na praça defronte da porta das Águas e pediu ao escriba Esdras que trouxesse o livro da Lei de Moisés, que o Senhor havia prescrito a Israel.
2O sacerdote Esdras apresentou a Lei diante da assembléia de homens, de mulheres e de todos os que eram capazes de compreender. Era o primeiro dia do sétimo mês.
3Assim, na praça que fica defronte da porta das Águas, Esdras fez a leitura do livro, desde o amanhecer até ao meio-dia, na presença dos homens, das mulheres e de todos os que eram capazes de compreender. E todo o povo escutava com atenção a leitura do livro da Lei.
4Esdras, o escriba, estava de pé sobre um estrado de madeira, erguido para esse fim. A seu lado direito se achavam Matatias, Sema,Anaías, Urias, Helcias e Maasias; à sua esquerda estavam Fadaías, Misael, Melquias, Hasum, Hasbadana, Zacarias e Mosolam.
5Visível a todos por estar mais alto, Esdras abriu o livro. E, quando o abriu, todo o povo ficou de pé.
6Esdras bendisse o Senhor, o grande Deus, e todo o povo respondeu, levantando as mãos: “Amém! Amém!” Depois inclinaram-se e prostraram-se diante do Senhor, com o rosto em terra.
7Entretanto os levitas Josué, Bani, Serebias, Jamin, Acub, Sabatai, Hodias, Maasias, Celita, Azarias, Jozabad, Hanã e Falaías explicavam a Lei ao povo, que dos seus lugares escutava.
8Leram clara e distintamente o livro da Lei de Deus e explicaram seu sentido, de maneira que se pudesse compreender a leitura.
9O governador Neemias, o sacerdote e escriba Esdras e os levitas que instruíam o povo disseram a todos: “Este é um dia consagrado ao Senhor, vosso Deus! Não lamenteis nem choreis” – pois todo o povo chorava ao ouvir as palavras da Lei.
10E disse-lhes: “Ide para vossas casas e comei carnes gordas, tomai bebidas doces e dai porções aqueles que nada prepararam, pois este dia é santo para o nosso Senhor. Não é dia de luto, pois a alegria do Senhor será a vossa força”.
11E os levitas acalmavam todo o povo, dizendo: “Ficai tranqüilos; hoje é um dia santo. Não fiqueis aflitos!”
12E todo o povo se retirou para comer e beber. Levaram porções também aos outros e expandiram-se em grande alegria, pois haviam entendido as palavras que lhes foram explicadas.
13A FESTA DOS TABERNÁCULOS
No segundo dia os chefes de família de todo o povo, os sacerdotes e os levitas reuniram-se com o escriba Esdras a fim de estudar as palavras da Lei.
14Ora, na Lei que o Senhor promulgara por meio de Moisés, acharam escrito que na festa do sétimo mês os israelitas deviam morar em cabanas
15e fazer proclamar e publicar em todas as suas cidades e em Jerusalém o seguinte aviso: “Saí pelos montes e trazei ramos de oliveira cultivada e de oliveira selvagem, ramos de mirta, folhas de palmeiras e ramos de árvores frondosas, para fazer cabanas, como está escrito”.
16Então o povo saiu e trouxe os ramos. E fizeram cabanas nos terraços e nos pátios de suas casas, nos átrios da casa de Deus, na praça da porta das Águas e na praça da porta de Efraim.
17Assim, toda a assembléia dos repatriados do cativeiro construiu as cabanas e nelas habitou – coisa que os filhos de Israel não haviam feito desde o tempo de Josué filho de Nun até aquele dia. E reinou imensa alegria.
18Todos os dias, desde o primeiro até o último, era lido o Livro da Lei de Deus. Celebraram a festa durante sete dias e no oitavo dia realizaram uma assembléia solene, segundo a norma.

PESQUISAR
 


Bíblia Católica Online