BÍBLIA CATÓLICA ONLINE

      Dicionário | AVISOS | Reiniciar  ||  Início  ->  Bíblia  


Bíblia Online
   
Livro:
Capítulo:

Pesquisar na Bíblia:

<- no máximo

Publique a bíblia acima
em seu blog ou site!



Pesquisa da bíblia

EVANGELHOS: Evangelho segundo São Lucas (Lc), capítulo 16 |
9DITOS SOBRE O “DINHEIRO”
“Eu vos digo: usai o ‘Dinheiro’, embora iníquo, a fim de fazer amigos, para que, quando acabar, vos recebam nas moradas eternas.
10Quem é fiel nas pequenas coisas será fiel também nas grandes, e quem é injusto nas pequenas será injusto também nas grandes.
11Por isso, se não sois fiéis no uso do ‘Dinheiro iníquo’, quem vos confiará o verdadeiro bem?
12E se não sois fiéis no que é dos outros, quem vos dará aquilo que é vosso?
13Ninguém pode servir a dois senhores. Pois vai odiar a um e amar o outro, ou se apegar a um e desprezar o outro. Não podeis servir a Deus e ao ‘Dinheiro’”.
14REAÇÃO DOS FARISEUS
Os fariseus, amigos do dinheiro, ouviam tudo isso e zombavam de Jesus.
15Então, ele lhes disse: “Vós gostais de parecer justos diante dos outros, mas Deus conhece vossos corações. Com efeito, o que as pessoas exaltam é detestável para Deus.
16A LEI E O REINO. O REPÚDIO DA MULHER
“Até João, a Lei e os Profetas! A partir de então, o Reino de Deus está sendo anunciado, e todos procuram violentamente entrar nele.
17Na verdade, é mais fácil passar o céu e a terra do que cair um só tracinho da Lei.
18Todo aquele que despede a sua mulher e se casa com outra, comete adultério. E quem se casa com a que foi despedida, também comete adultério.
19O RICO E O INDIGENTE, LÁZARO
“Havia um homem rico, que se vestia com roupas finas e elegantes e dava festas esplêndidas todos os dias.
20Um pobre, chamado Lázaro, cheio de feridas, ficava sentado no chão junto à porta do rico.
21Queria matar a fome com as sobras que caíam da mesa do rico, mas, em vez disso, os cães vinham lamber suas feridas.
22Quando o pobre morreu, os anjos o levaram para junto de Abraão. Morreu também o rico e foi enterrado.
23Na região dos mortos, no meio dos tormentos, o rico levantou os olhos e viu de longe Abraão, com Lázaro ao seu lado.
24Então gritou: ‘Pai Abraão, tem compaixão de mim! Manda Lázaro molhar a ponta do dedo para me refrescar a língua, porque sofro muito nestas chamas’.
25Mas Abraão respondeu: ‘Filho, lembra- te de que durante a vida recebeste teus bens e Lázaro, por sua vez, seus males. Agora, porém, ele encontra aqui consolo e tu és atormentado.
26Além disso, há um grande abismo entre nós: por mais que alguém desejasse, não poderia passar daqui para junto de vós, e nem os daí poderiam atravessar até nós’.
27O rico insistiu: ‘Pai, eu te suplico, manda então Lázaro à casa de meu pai,
28porque eu tenho cinco irmãos. Que ele os avise, para que não venham também eles para este lugar de tormento’.
29Mas Abraão respondeu: ‘Eles têm Moisés e os Profetas! Que os escutem!’
30O rico insistiu: ‘Não, Pai Abraão. Mas se alguém dentre os mortos for até eles, certamente vão se converter’.
31Abraão, porém, lhe disse:‘ Se não escutam a Moisés, nem aos Profetas, mesmo se alguém ressuscitar dos mortos, não acreditarão’”.

PESQUISAR
 


Bíblia Católica Online