BÍBLIA CATÓLICA ONLINE

      Dicionário | AVISOS | Reiniciar  ||  Início  ->  Bíblia  


Bíblia Online
   
Livro:
Capítulo:

Pesquisar na Bíblia:

<- no máximo

Publique a bíblia acima
em seu blog ou site!



Pesquisa da bíblia

PENTATEUCO: Livro dos Números (Nm), capítulo 11 |
1ISRAEL “MURMURA” CONTRA DEUS
O povo começou a murmurar contra o Senhor. Ao ouvir, o Senhor inflamou-se de ira. O fogo do Senhor irrompeu contra eles e devorou uma extremidade do acampamento.
2O povo pediu socorro a Moisés, que intercedeu junto do Senhor, e o fogo se apagou.
3Deram àquele lugar o nome de Tabera, Incêndio, porque ali havia irrompido contra eles o fogo do Senhor.
4Certa gente que se misturava a eles foi tomado de um apetite incontrolado, de modo que até os israelitas voltaram a lamentar-se e a dizer: “Quem nos dará carne para comer?
5Estamos lembrados dos peixes que comíamos de graça no Egito, dos pepinos, melões, verduras, cebolas e alhos!
6Agora estamos definhando à míngua de tudo. Não vemos outra coisa senão maná”.
7(O maná era parecido com a semente do coentro e amarelado como a resina.
8O povo se dispersava para o recolher e o moía num moinho, ou socava num pilão. Depois cozinhavam-no em panelas e faziam broas com gosto de bolo preparado com azeite.
9À noite, quando o orvalho caía sobre o acampamento,caía também o maná.)
10QUEIXA E DÚVIDA DE MOISÉS
Moisés ouviu como o povo se lamentava, família por família, cada uma à entrada de sua tenda. Então o Senhor inflamou-se de grande ira, e Moisés, muito aflito,
11disse ao Senhor: “Por que maltratas assim teu servo? Por que gozo tão pouco de teu favor, a ponto de descarregares sobre mim o peso de todo este povo?
12Acaso fui eu quem concebeu ou deu à luz este povo, para que me digas: ‘Carrega-o no colo, como se fosse uma babá a levar uma criança, até à terra que prometeste a seus pais?
13Onde conseguirei carne para dar a toda esta gente? Pois se lamentam contra mim, dizendo: ‘Dá-nos carne para comer’.
14Já não posso suportar sozinho o peso de todo este povo: é grande demais para mim.
15Se queres continuar a me tratar assim, peço que me tires a vida! Se, pelo contrário, ganhei teu favor, então que eu não veja mais minha desgraça”.
16O Senhor disse a Moisés: “Reúne-me setenta homens dentre os anciãos de Israel, que tu conheces como sendo anciãos e magistrados do povo, e traze-os à Tenda do Encontro,onde devem esperar contigo.
17Descerei ali para falar contigo. Retirarei um pouco do espírito que há em ti e o darei a eles, para que te ajudem a carregar o peso do povo, e não sejas sozinho a suportá-lo.
18E dirás ao povo: Santificai-vos para amanhã e comereis carne. Pois chegou ao ouvido do Senhor o vosso lamento: ‘Quem nos dará carne para comer! Estávamos tão bem no Egito!’ Por isso, o Senhor vos dará carne e vós a comereis,
19e não apenas um dia, nem dois, nem cinco, nem dez ou vinte,
20mas durante um mês inteiro, até que a carne vos saia pelas narinas e vos cause náuseas. Pois rejeitastes o Senhor, que está no meio de vós, e vos lamentastes diante dele, dizendo: ‘Por que saímos do Egito?’”
21Moisés lhe disse: “O povo no meio do qual estou conta seiscentos mil homens a pé, e tu dizes: ‘Vou dar-lhes carne para que comam um mês inteiro!’
22Se matassem as ovelhas e os bois, seria suficiente para eles? Se fossem ajuntados todos os peixes do mar, bastaria para saciá-los?”
23O Senhor respondeu a Moisés: “Acaso o poder do Senhor ficou diminuído? Agora mesmo verás se minha palavra se cumpre ou não”.
24O ESPÍRITO SOBRE OS SETENTA E DOIS ANCIÃOS
Depois de sair para comunicar ao povo as palavras do Senhor, Moisés reuniu setenta homens dentre os anciãos do povo e colocou-os ao redor da Tenda do Encontro.
25O Senhor desceu na nuvem e falou a Moisés. Retirou um pouco do espírito que Moisés possuía e o pôs sobre os setenta anciãos. Assim que pousou sobre eles o espírito, puseram-se a profetizar, mas não continuaram.
26Dois homens, porém, tinham ficado no acampamento. Um chamava-se Eldad e o outro, Medad. O espírito pousou igualmente sobre os dois, que estavam na lista mas não tinham ido à Tenda, e eles se puseram a profetizar no acampamento.
27Um jovem foi correndo avisar a Moisés que Eldad e Medad estavam profetizando no acampamento.
28Josué, filho de Nun, ajudante de Moisés desde a juventude, disse: “Moisés, meu senhor, manda que eles se calem”.
29Moisés respondeu: “Tens ciúmes por mim? Quem dera que todo o povo do Senhor fosse profeta e que o Senhor lhe concedesse o seu espírito!”
30Em seguida, Moisés recolheu-se ao acampamento com os anciãos de Israel.
31AS CODORNIZES
Soprou, então, um vento mandado pelo Senhor, que trouxe do mar um bando de codornizes e as fez pousar sobre o acampamento. Espalhavam-se num raio de um dia de viagem ao redor do acampamento, a um metro de altura.
32O povo levantou-se e passou todo aquele dia, a noite inteira e todo o dia seguinte recolhendo codornizes. O homem que menos ajuntou recolheu dez cargas de asno. Estenderam-nas para secar ao redor do acampamento.
33Estavam ainda com a carne entre os dentes e não tinham acabado de mastigar, quando se inflamou a ira do Senhor e feriu o povo com um grande flagelo.
34Deram àquele lugar passou a se chamar Cibrot-Ataava, Sepulcros da Gula, porque ali foi sepultado o povo dominado pela gula.
35De Cibrot-Ataava partiram para Haserot, onde acamparam.

PESQUISAR
 


Bíblia Católica Online