LISTA de AUTORES

     ||  Início  ->  Lista de Autores | Autores+Lidos
de paginação
<- ordem
Pablo Ginés (1)
Padre André Beltrami (1)
Padre Antonio Vélez (1)
Padre Armando (1)
Padre Bux (1)
Padre Cantalamessa (1)
Padre Cleodon de Lima (1)
Padre Crystian Shankar (2)
Padre Dudu (5)
Padre Emmanuel (1)
Padre Francisco Sedano (1)
Padre Frank Pavone (1)
Padre Guiseppe Pace (1)
Padre José Augusto (2)
Padre José Eduardo (1)
Padre José Ruy (117)
Padre Jospeh Spitzer (1)
Padre Juarez de Castro (1)
Padre Julio Maria (11)
Padre Leonardo Wagner (1)
Padre Marcelo Rossi (1)
Padre Mateus Maria (1)
Padre Miguel Angel (1)
Padre Moacir Anastácio (1)
Padre Ney Brasil (1)
Padre Nicholas Gruner (1)
Padre Paulo Ricardo (466)
Padre Pio (6)
Padre Quevedo (1)
Padre Richard Gräf (1)
Padre Rodrigo Maria (8)
Padre Tuckwell (1)
Pakistan Christian Post (1)
Papa Bento XVI (20)
Papa Clemente XI (1)
Papa Francisco (8)
Papa João Paulo II (7)
Papa Leão XIII (3)
Papa Paulo VI (5)
Papa Pio X (4)
Papa Pio XI (2)
Papa Pio XII (1)
Paraclitus (3)
Paróquia de Santa Ana (3)
Patrícia de Floripa (1)
Paul Withcomb (1)
Paulo Jacinto da Silva (1)
Paulo Leitão (6)
Paulo Lelis (15)
Paulo Roberto Campos (2)
Paulo Vasconcelos Jacobina (1)
Pe Luiz Fernando Ferreira (1)
Pe. Álvaro Negromonte (1)
Pe. Anderson Alves (2)
Pe. Anthony Mellace (1)
Pe. Antoni Carol (1)
Pe. Bernhardin Krempel (1)
Pe. Cantalamessa (1)
Pe. Cleodon Amaral (1)
Pe. David Francisquini (6)
Pe. Duarte Souza Lara (2)
Pe. Eusébio de Pesquera (1)
Pe. Francisco Alves (2)
Pe. Francisco Carvajal (1)
Pe. Francisco Faus (1)
Pe. Françoá Costa (2)
Pe. François Xavier Schouppe (1)
Pe. Gabriele Amorth (6)
Pe. Giovanni Roncari (1)
Pe. Henry Holguín (2)
Pe. Hernán Jiménez (1)
Pe. Inácio José do Vale (233)
Pe. Jesus Hortal (1)
Pe. João Batista Ferraz Costa (1)
Pe. Jonas Eduardo (1)
Pe. José A. de Laburu (1)
Pe. José Airton Rezende (1)
Pe. José Eduardo (1)
Pe. Juliano Almeida (1)
Pe. Leandro Bernardes (1)
Pe. Luiz Carlos Lodi (7)
Pe. Mário Marcelo (1)
Pe. Maurizio Patriciello (1)
Pe. Michael Schooyans (1)
Pe. Miguel Fuentes (1)
Pe. Ney Brasil Pereira (1)
Pe. Overland de Morais (1)
Pe. Paschoal Rangel (1)
Pe. Pio Milpacher (1)
Pe. Roberto Lettieri (5)
Pe. Stefano Gobbi (1)
Pe. Teofanes Barros (1)
Pe. Vincent Lampert (1)
Pe. Zezinho (2)
Pedro Erisson (1)
Pedro Henrique (1)
Pedro Henrique Alves (1)
Pedro Lima Neto (1)
Pedro Penitente (1)
Pedro Ravazzano (1)
Percival Puggina (7)
Péricles Capanema (1)
Perry Marshall (1)
Pete Vere (1)
Peter Dimond (2)
Peter Kreeft (1)
Philip Jenkins (1)
Pier Gramaglia (1)
Platão (1)
Plinio Corrêa de Oliveira (3)
Plinio Maria Solimeo (2)
PortaLuz (1)
Presbíteros (2)
Prof João Angelo (1)
Prof. Evaldo Gomes (1)
Prof. Hermes Nery (1)
Prof. Lassadier (14)


Ver Comentário de Artigo
1 #REVISTA = 397 
semanas = 22 
jerusalém = 18 
anos = 17 
texto = 17 
profecia = 13 
daniel = 13 
setenta = 12 
ungido = 12 
cristo = 12 
duas = 10 
PeREscriturasAs Setenta Semanas de Daniel 9, 24-27 (4.49)Estêvão Bettencourt 13281
#137 Junho 1995, 01 [397, junho 1995, Daniel, apocalipse, escatologia, exegese, fim do mundo]

A profecia das setenta semanas de Daniel 9,24-27 é uma das passagens mais obscuras e controvertidas da S. Escritura, pois o texto não somente é conciso e misterioso, mas também está mal conservado, prestando-se conseqüentemente a variadas interpretações.

DIVULGUE ESTE VÍDEO/ARTIGO em seu site ou blog:
Ver comentários...

COMENTÁRIO de [email protected] do artigo #137

Setenta semanas ate a consumação de 60 séculos ou 6000 anos (Gn 25:26 / Mt 25:32) após Adão:
Talvez em razão de uma ignorância do conteúdo bíblico por inteiro, ou por receio de ser atingido pelas calamidades no Tempo do Fim, ou mesmo devido a um pensamento irascível e contrário ao cristianismo muitas pessoas, exegetas ou simples comentaristas, não se atém à um detalhe importantíssimo: o 'Jubileu' é também um tipo de semana bíblica (7 x 7 anos), e celebrado em uma Festa dos Tabernáculos (Êx 23:18 / Nm 29:12). Um período de tempo soberano e a semana magna por excelência cujo intuito maior é justamente rememorar à posteridade, o passado.
É Esdras quem aponta para o quando do início das 70 semanas, identificando que a ordem para a reconstrução parte de Deus (Esd 6:14). Mas quando se dá esse "quando"? Penso que ele se dá a partir do instante da entrada dos israelitas na terra de Canaã, guiados por Josué (Lv 25:2,3,8,10).
Deus ordenou para Moisés que uma contagem do tempo se desse somente a partir dessa entrada em Canaã (Dt 5:31), desprezando o tempo passado. Assim, 70 semanas = 70 jubileus = 70 x 50 anos = 3500 anos desde Josué ate uma consumação dos séculos.
Onde:
7 semanas = 7 jubileus = 7 x 50 anos = 350 anos desde a entrada em Canaã ate um príncipe, o Rei Saul (1Sm 10:1).
-//-
62 semanas = 62 jubileus = 62 x 50 anos = 3100 anos desde o Rei Saul ate "o Papa João Paulo II" (Dn 10:14).
-//-
1 semana = 1 jubileu = 50 anos desde João Paulo II ate uma consumação dos séculos (Mt 13:33 / 28:20).
-//-
Porém, como saber quando Josué entrou em Canaã? É a parábola do semeador que responde (Mc 4:8,33,34). As três quantidades de frutos expressão três medidas de tempo em jubileus, trinta jubileus, sessenta jubileus e cem jubileus, contados isoladamente a partir do estabelecimento uma só "semente", Noé, a terra fértil. Seguindo a leitura da genealogia de Adão, Nóe nasceu "no ano 1056" após Adão ser criado (Gn 5:3,...,28) e que corresponde ao ano 2970 antes de Cristo:
30 frutos = 30 jubileus = 30 x 50 anos = 1500 anos desde o ano 1056 após Adão ate a entrada israelita em Canaã.
Ano 1056 + 1500 anos = ano 2556 após Adão, Josué ingressa os israelitas na terra de Canaã.
Ou, ano 2970 A.C. (Noé) - 1500 anos = ano 1470 A.C., entrada de Israel em Canaã conforme conversão calendar feita no parágrafo abaixo.
-//-
60 frutos = 60 jubileus = 60 x 50 anos = 3000 anos desde o ano 1056 após Adão ate o batismo de Jesus Cristo (Lc 3:22 / Hb 5:5).
Ano 1056 + 3000 anos = ano 4056 após Adão, batismo de Jesus Cristo.
O batismo de Jesus Cristo, tendo ocorrido no ano 30 D.C. (Lc 3:23), se apresenta como o momento em que a providência divina nos concede uma conversão do calendário bíblico (após Adão) para o calendário gregoriano (o nosso calendário), em todos as datas bíblicas. Método de datação mais preciso que o determinado pela arqueologia.
Ano 30 D.C - 3000 anos = ano 2970 A.C. = ano 1056 após Adão = ano em que Noé nasceu.
-//-
100 frutos = 100 jubileus = 100 x 50 anos = 5000 anos desde o ano 1056 após Adão ate uma consumação dos séculos.
Ano 1056 + 5000 anos = ano 6056 após Adão, a consumação de 60 séculos após Adão.
Ou, ano 2970 A.C. (Noé) + 5000 anos = ano 2030 D.C., consumação dos séculos.
-//-
Desse modo, 100 jubileus ou 5000 anos desde Noé ate a consumação dos séculos refletiriam, em uma proporção maior, um jubileu peculiar (Hb 9:28 / 1Ts 4:16,17).
Segundo entendo, os prazos anteriores a entrada israelita na terra de Canaã possuem um propósito tão somente preliminar, compondo datas metafóricas; é somente com a entrada em Canaã que o registro bíblico passa a manifestar datas literais.
Quanto a menção sobre o Papa João Paulo II, Daniel 10:14 (BJ) diz literalmente que ainda haveria uma "visão" reservada para acontecer apenas no Fim dos Dias, e que permitiria reconhecer a época em que estamos vivendo como o tão propalado Tempo do Fim. Neste sentido a pessoa do Papa João Paulo II, também um Ungido segundo o Rito Católico, figuraria, nesse contexto, como mero marco cronológico necessário ao conteúdo bíblico na decifração da profecia, da mesma forma que a pessoa do Rei Saul.
Sei que esta é uma interpretação nunca comentada e difícil de aceitar, mas fazer o que; no entanto, penso que todos concordam que o texto acima descrito "Para pôr termo ao pecado, Para dar fim à iniquidade, Para expiar a culpa, Para introduzir justiça eterna, Para selar (= cumprir) visão e profecia, Para ungir o Santo dos Santos" mesmo para a época atual ainda não se fez presente, o que leva também supôr que as 70 semanas ainda não terminaram (Tg 4:14).
Vem, Senhor Jesus.
https://docs.google.com/document/d/1kAZJHFZ95CoS21rd6q7nopuneBQehtOqJp86LOU0MB0/edit